Multiplica!

Multiplicar sementes, sabedoria, respeito, biodiversidade, cultura e iniciativas.
Projeto itinerante que promove o fortalecimento e multiplicação das sementes crioulas a partir da sabedoria ancestral, através de ações para a troca de conhecimentos e sementes livres, registrando iniciativas e nomeando guardiões para espécies quase em extinção. Integrar e aproximar as comunidades rurais e tradicionais dos centros de permacultura e novos rurais.nao-para
Cada dia somos mais os que percebemos a necessidade de uma mudança em nossa maneira de viver como sociedade. As cidades já não se sustentam… Talvez por isso cada vez mais surgem novas ecovilas e mais pessoas buscam uma conexão com a natureza, adquirindo propriedades rurais afim de preservar e recuperar a biodiversidade e as nascentes.
Um êxodo urbano se iniciou, e com isso, muitas iniciativas interessantes, porém, precisamos nos informar para que estas possam beneficiar progressivamente a biodiversidade local.
Conhecendo bem a terra e reconhecendo os povos locais podemos evitar colapsar os espaços preservados ou esgotar os recursos naturais que ainda existem, colaborando na construção de um desenvolvimento sustentável.apenas-um-elo
Este projeto iniciou como parceria entre coletivos que vem trabalhando há alguns anos em comunidades tradicionais e centros de permacultura, hoje o trabalho se amplia a diversas redes e coletivos e já envolve um grupo maior de colaboradores .No inicio de 2013 começamos um trabalho de pesquisa e mapeamento de iniciativas sustentáveis pelo Brasil, conhecendo, vivendo, colaborando e registrando estes trabalhos, de forma independente, apenas com amor no coração.
Em abril de 2014 criamos uma campanha para realizar uma itinerância com a rota marcada pela região do cerrado, entre os estados de MG, GO e MT. Esta etapa do projeto aconteceu graças ao financiamento coletivo através da plataforma “Catarse“, e em junho de 2014 partimos para a estrada realizando trocas de sementes e vivências em comunidades tradicionais, rurais, ecovilas e assentamentos, foram mais de 20 lugares promovendo e somando em ações para uma integração entre técnicas de agricultura regenerativa e os conhecimentos tradicionais/intuitivos com o objetivo de ampliar a biodiversidade e melhorar a qualidade da vida no campo.
Desde então seguimos preparando itinerâncias à lugares da zona rural do país buscando incentivar uma integração e reconhecimento mútuo entre as diferentes culturas. São ações de bio-construção, permacultura, agrofloresta, e agroecologia, ou qualquer outro tipo de trabalho onde nossas mãos e conhecimento possam ser úteis. Sempre buscando respeitar estes grupos, atuamos após sentir os desejos e necessidades destas comunidades, sintonizando com seus tempos. Desejamos que este coletivo possa se ampliar para que o número de semeadores seja cada vez maior e a multiplicação se estenda por todo o país.
Uma questão fundamental é o fortalecimento das sementes crioulas e a valorização da sabedoria ancestral, que fazem parte da estratégia de troca entre estas comunidades, nomeando guardiões para as…
A multiplicação de sementes crioulas é de extrema importância para nossa soberania alimentar e para a autonomia das comunidades que hoje persistem vivendo da terra. Só assim estas espécies seguirão existindo para todas as pessoas que futuramente despertem interesse no cultivo de alimentos saudáveis. Estas sementes estão há várias gerações sendo adaptadas ao clima local e são muito resistentes às intempéries e às pragas. Como não necessitam de aditivos químicos ou veneno, se desenvolvem com pouco cuidado do produtor.
Apesar de existir uma enorme variedade de sementes crioulas, estão cada vez mais escassas, sendo contaminadas através da polinização por espécies transgênicas, gerando sementes inutilizáveis.